A CHOCARRICE DA BANDIDAGEM E A NEGLIGÊNCIA DA POLÍCIA DO ESTADO DO AMAZONAS

Grande é o nível de descontentamento do povo brasileiro quanto à segurança em nosso país. Alguns, senão todos, dizem: no Brasil a lei é branda! Ou seja, a lei no Brasil é mole, flexível, frouxa, amena, cede facilmente em benefício dos facínoras. E é dessa suavidade que a bandidagem precisa para continuar a cometer os seus delitos, sem temor e sem pudor.
Burlescamente é mais fácil um homem bom ser preso e pagar pelos delitos que não cometeu do que um facínora apodrecer atrás das grades.
A truanice não está só entre os bandidos de carteirinha, mas até entre muitos dos “nossos” policiais que recebem seus salários e sacaneiam os seus patrões que são eu e você, os cidadãos que pagam impostos de primeiro mundo.
Em Manaus, há uma enxurrada de larápios travestidos de mototaxistas que andam fazendo arrastões e, em muitos casos, latrocínios. Se a vítima tiver o azar de reconhecer algum dos facínoras, ou deixarem sentir-se ameaçados de alguma forma, certamente o larápio tentará o amordaçar crivando-lhe uma bala gratuita. Uma cena de filme de ação na qual jamais esperamos que aconteça na vida real. Como podemos fugir destes atos desumanos cometidos por estes facínoras, que matam por um celular ou um punhado de dinheiro? Resta-nos pedir a Deus que nos dê o livramento, pois se dependermos da ação da porcentagem da polícia corrupta e passiva estamos fadados a embrenhar-se na desgraça alheia.
Triste é o estado em que se encontra o serviço da polícia militar do estado do Amazonas. Ligue para o 190 e tente esperar o auxílio de alguma viatura. Policiais despreparados, que acham que têm o “poder” da prepotência, tem de sobra circulando pelas ruas, mas bons policiais que fazem jus à honra é uma raridade e estes precisam ser valorizados e aplaudidos.
Jamais baixe a cabeça para os que cometem qualquer ato de negligência para com a sociedade!
Se resolvêssemos denunciar de uma só vez os delitos cometidos pelos policiais corruptos teríamos uma baixa imensa da bandidagem em nosso estado. Eu mesmo já presenciei uns policiais roubando gasolina de uma viatura, ou seja, roubando o dinheiro de nosso suor, dos impostos que pagamos para a provável melhoria de nossa cidade. Várias outras vezes já presenciei policiais fazendo segurança privada em horários de expediente. Enquanto isso, a cada dia mais aumentam as estatísticas de vítimas da bandidagem. Devido a isso, deixo aqui um conselho, ou melhor, umas dicas:

1) Cuidado com alguns falsos mototaxistas, pois bandidos estão circulando travestidos de mototáxis fazendo assaltos. E onde está a polícia para fazer a revista nos pontos mais críticos da cidade?

2) Denuncie a negligência, os atos corruptos, o descaso e a prepotência dos falsos policiais. E não se esqueça de elogiar os bons, mesmo que sejam poucos.

3) Não temam aos atos criminosos por parte dos facínoras em nossa cidade. Mesmo com o descaso do serviço público, ainda existem alguns bons policiais. Denuncie! Promova a paz em sua comunidade limpando a sujeira deixada pelos maus governantes. Mas denuncie sigilosamente, pois os mesmos são covardes.

4) O governo não chega a muitos pontos de Manaus, não leva soluções para a segurança de nosso povo. Promovem falsas estatísticas de que Manaus está a cada dia melhor para se viver. Mostram, falsamente, que estão preocupados com o nosso povo. Eles esperam os nossos aplausos quando fazem algo pela sociedade, mas esquecem de que estão sendo pagos para isso; que pagamos impostos de primeiro mundo e recebemos serviços de terceiro. Então, meus amigos, se o governo continua a não chegar onde você mora, façam as suas partes, tirem os seus filhos das más influencias. Promova a cultura, o esporte (…). Ocupem os nossos jovens para que eles se reintegrem à sociedade como bons cidadãos.

5) Não baixe a guarda para o descaso público. Estude, se informe, pois os safados intelijumentos que acham que tem o poder nas mãos, temem aos perspicazes informados.

Essa é a Manaus que eu tanto amo. A Manaus que não desejamos aos nossos filhos. Desejamos, obviamente, uma cidade mais tranquila para nós e às nossas gerações.
Quanto à polícia militar do estado do Amazonas, aqui fica a minha repulsa. Sei que existem bons policiais, a esses fica a minha gratidão, inclusive aos meus amigos que exercem essa função. Mas o como é grande o índice de servidores da segurança pública que precisam ser expulsos da corporação, e por justa causa.